Ortopedia

2 Posts Voltar para Home

Atualização em Fraturas Supracondilianas do Cotovelo Infantil

As fraturas supracondilianas são as mais comuns do cotovelo pediátrico e fazem parte do dia a dia dos ortopedistas que atendem no serviço de emergência. Estimativas dos EUA indicam uma incidência de 177 para cada 100.000 habitantes, sendo quase tão comum quanto doenças ortopédicas pediátricas como pé torto congênito ou displasia do quadril, e o seu pico de incidência é dos 5 aos 8 anos.

Pé Torto Congênito: o que há de novo?

A partir da análise de estudos realizados em 2018 e 2019, o ortopedista Dr. David Nordon discute neste artigo as mais recentes evidências sobre esta que é considerada uma das deformidades congênitas mais comuns O pé torto congênito é considerado por alguns estudos como a deformidade congênita mais comum, atingindo 1 a cada 1000 nascidos vivos. Ocorre por uma alteração na deposição do colágeno posteromedial da perna, provocando uma deformidade em cavo, aduto, varo e equino, com perna e pé mais curtos do que os não afetados. Pé torto congênito, vista anterior. (Imagem: arquivo pessoal do autor, reproduzida com autorização.) Há alguns fatos consistentes sobre o pé torto congênito: O melhor tratamento atualmente é o tratamento gessado pela técnica de Ponseti, que promove uma correção progressiva da deformidade através de gessos inguinopodálicos bem moldados. O componente crural do gesso impede a perda da rotação externa do pé e é essencial…

Navigate